Coordenação de Pesquisa e Extensão avalia desenvolvimento dos projetos do IESPES

Na terça-feira, 25, foi realizada uma reunião com os professores que coordenam os projetos de pesquisa e extensão dos cursos do Instituto Esperança de Ensino Superior (IESPES) que estão sendo desenvolvidos em 2015. Além da entrega dos relatórios parciais dos projetos, foram discutidas as próximas etapas de desenvolvimento até o final do ano.

Neste ano, oito projetos de pesquisa e oito de extensão estão sendo executados por professores e alunos do IESPES nas diversas áreas. A ação faz parte da política de incentivo à pesquisa e à extensão da Fundação Esperança que motiva os professores e estudantes a praticarem os conhecimentos adquiridos na academia, além de garantir a formação de profissionais mais comprometidos, cidadãos e alinhados com a prática profissional.

O professor Albino Portela, coordenador de Pós-graduação, extensão e pesquisa do IESPES, ressalta a importância de incentivar projetos de extensão e pesquisa. “A instituição de ensino superior deve prestar um serviço à comunidade e esse serviço perpassa pela extensão universitária, onde nossos professores, através dos seus projetos, intervêm na sociedade diretamente e através da pesquisa, com novos subsídios para diversos problemas. Os projetos são voltados para problemas existentes na cidade, como forma de contribuir, gerar indicativos. É a devolução do nosso conhecimento técnico para a sociedade”.

Em setembro o IESPES vai abrir edital para que os professores possam submeter seus projetos de pesquisa e extensão para serem desenvolvidos no ano de 2016.