Fundação Esperança participa da 15ª edição do projeto Viva a Vida


A Fundação Esperança está participando da 15ª edição do Projeto Viva a Vida, do Sistema Tapajós de Comunicação. Diversos atendimentos de saúde são realizados em vários bairros de Santarém. Na última sexta-feira, 4 de agosto, foi a segunda etapa que a Fundação Esperança participou.

A ação ocorreu na Escola Pérola do Maicá. A equipe de saúde da Clínica Esperança e alunos do curso de Enfermagem do Iespes e dos cursos técnicos de Saúde Bucal e Análises Clínicas do Cepes fizeram atendimentos de verificação de pressão arterial, teste glicêmico, tipagem sanguínea, consultas de Enfermagem, orientações ginecológicas, orientações de Crescimento e Desenvolvimento Infantil, aplicação de flúor e orientações odontológicas.

Foram feitos 12 consultas de enfermagem, 38 exames e 95 aplicações de flúor. Crianças que participaram da palestra sobre saúde bucal e passaram pela aplicação de flúor, feitas por profissionais da Clínica Odontológica e alunos do Cepes, ganharam kits de higiene bucal.

A primeira ação foi realizada no dia 1 de agosto, na Escola Municipal União Libertadora, bairro Santarenzinho. A equipe de saúde da Fundação Esperança, alunos dos cursos de Enfermagem e Biomedicina do Iespes e do curso técnico em Farmácia do Cepes realizaram consultas médicas, orientações do crescimento e desenvolvimento da criança, testes de glicemia, verificação de pressão arterial, tipagem sanguínea, exames de Beta HCG e atendimentos de odontologia: palestras e orientações sobre saúde bucal e aplicação de flúor.

Nesta etapa, foram realizados 42 aplicações de flúor, 26 exames e 15 consultas médicas.

A próxima participação será na quarta etapa do projeto, dia 11 de agosto, na igreja católica do residencial salvação. As etapas seguintes vão ser dia 15 de agosto, na escola São Felipe do bairro Matinha; no dia 22 de agosto, no bairro Santo André; e no dia 29, na Escola Júlia Passarinho, bairro Prainha.

O projeto Viva a Vida é desenvolvido desde 2013 e tem como slogan “Vamos Viver a Vida em Paz e Sem Drogas”. Ao longo dos anos, além da finalidade de combater a violência e uso de drogas, o projeto oferece serviços em diversas áreas, como saúde, beleza e formação profissional. A Fundação Esperança participa todos os anos, com diversos atendimentos na área da saúde e educação.