Curso de Pedagogia realiza noite da integração

O curso de Pedagogia do Iespes realizou ontem, 8, a noite da integração para alunos e professores do curso. Foram repassadas informações sobre o Laboratório de Aprendizagens Pedagógicas para Impactos Sociais (Lapis), nota do curso e apresentação dos professores. Foi um momento de reencontro para os veteranos e recepção para os calouros, além disso, o momento foi importante para deixar todos atualizados sobre as informações do curso.

Na apresentação do laboratório de Pedagogia, foi esclarecido sobre a utilização do espaço. “O objetivo era que todos os alunos e professores conhecessem, de forma unificada, sobre o uso do laboratório nesse semestre, de acordo com as disciplinas ofertadas”, disse a coordenadora do curso, Marinete Lima.

A professora Quezia Xabregas explicou que o laboratório, neste semestre, será destinado a professores e alunos do curso e seguirá o plano de ensino dos professores, aliando teoria e prática. Foi ressaltado que todas as atividades têm finalidade e que deve haver registro do que for produzido, para que tudo tenha um direcionamento e objetivo.

Sobre a apresentação do resultado de avaliação para Renovação e Reconhecimento de Curso, realizada em junho, pelo Ministério da Educação (MEC), foram destacados os pontos mais favoráveis, como a qualificação e tempo de atuação no ensino superior dos professores. Outros exemplos de pontuações máximas são a avaliação da coordenação, o Projeto Pedagógico do Curso (PPC), estrutura curricular e índice de satisfação dos alunos com o curso e com a instituição.

A professora Marinete Lima ressalta a preocupação do Iespes em oferecer um ensino de qualidade e como o curso de Pedagogia que, por ser o único em licenciatura, trabalha para a formação de futuros professores qualificados.

Ela destaca a importância da integração, de mostrar a seriedade do curso para os alunos e deixá-los a par de todas as informações. “É importante que todos possam conhecer, em um único momento, as informações necessárias sobre o semestre, como vamos realizar os eventos, nossa participação no PI, e nas demais atividades propostas. É um momento de receber nossos alunos. Eles se sentem muito bem acolhidos chegando aqui”, afirmou.