Turma de Enfermagem realiza 1º Seminário Étnico das Populações Quilombolas e Indígenas do Oeste do P


Acadêmicos do 4º semestre do curso de Enfermagem do Iespes estão organizando o 1º Seminário Étnico das Populações Quilombolas e Indígenas do Oeste do Pará, que vai ocorrer dia 31 de agosto. A coordenação está sob responsabilidade da professora Cristina Sena.

O objetivo do evento, segundo a coordenadora do curso, Leidiane Gonçalves, é desenvolver o senso crítico social, pessoal e coletivo dos alunos e facilitar os saberes históricos, culturais e artísticos da região. “Nós acreditamos que essa vivência vai despertar a vontade dos acadêmicos em saber mais sobre a própria cultura”, enfatizou ela.

A iniciativa surgiu da disciplina Saúde Indígena e Quilombola, do curso de Enfermagem, aliada ao Projeto Quilombo da Fundação Esperança, em parceria com a Mineração Rio do Norte. “A disciplina objetiva a interação com a cultura étnica. Os alunos vão trabalhar com povos quilombolas, ribeirinhos e indígenas, então é preciso agregar no ensino acadêmico o desenvolvimento deste tipo de atividade”, explicou Leidiane.

Todo o colegiado do curso irá participar. A programação inicia às 18h30 e vai até às 22h. A abertura será com uma atração cultural. Será repassada uma mensagem institucional sobre a diversidade cultural brasileira e um vídeo institucional sobre o Projeto Quilombo.

Serão realizadas palestras com representantes da Casa de Saúde Indígena (Casai) e da Mineração Rio do Norte, além das professoras do Iespes Lívia Arrelias, do curso de Psicologia, e Hirlene Reis, do curso de Enfermagem. Para o encerramento haverá show cultural.

As inscrições são 1 quilo de alimento não perecível ou material de limpeza e podem ser feitas nos períodos da tarde e da noite no hall do Iespes, com acadêmicos do curso.