No dia do Fisioterapeuta, curso de Fisioterapia do Iespes realiza ação integrada do PI em Alter do C


Em comemoração ao Dia do Fisioterapeuta, 13 de outubro, o curso de Fisioterapia do Iespes promoveu uma ação integrada do Projeto Interdisciplinar (PI) na vila balneária de Alter do Chão, com as turmas do 4º e 6º semestres. Cada grupo realizou uma ação específica, sob orientação de professores, referente ao seu tema do PI, envolvendo catraieiros, grávidas, crianças e demais comunitários.

No total, oito grupos de Fisioterapia desenvolveram suas ações do PI. A ação teve participação também do curso de Biomedicina. A coordenadora do curso de Fisioterapia, Milene Sena, explicou que a ação possibilitou à população do local, serviços que não são muito acessíveis. “A ação integrada motiva os alunos a trazer esses atendimentos para a comunidade carente que procura serviços gratuitos nessas áreas e, muitas vezes, não encontra. Trouxemos pra Alter do Chão, porque tem um público bem abrangente”, ressaltou.

Entre as atividades, estava a aplicação do kinesio taping, ou bandagem funcional, nas articulações do ombro e coluna dos catraieiros de Alter do Chão. A atividade foi feita por acadêmicos do 6º semestre noturno, sob orientação do professor José Alexandre. "Os catraieiros realizam funções repetitivas no dia a dia, que são as funções laborais, de muita movimentação de ombro e coluna. Então, fizemos a estabilização dos músculos que compõem as articulações. Com essa ação, conseguimos amenizar um pouco da dor que eles sentem”, relatou o professor.

Outro grupo do 6º semestre do curso, sob orientação da professora Alessandra Camargo, realizou palestras educativas sobre fotoproteção solar para conscientizar a população sobre os danos causados pelo sol. “A fisioterapia dermatofuncional atua de forma preventiva pra evitar os danos causados pelo sol, como câncer de pele, manchas na pele, fotoenvelhecimento (Envelhecimento da pele por exposição solar excessiva), entre outros”. Além das palestras, a equipe realizou avaliação da pele, higienização para repor a hidratação da pele, e aplicação de protetor solar.

Já acadêmicos do 4º semestre realizaram a atividade de avaliação postural, com um cinematógrafo adaptado. “Nós verificamos as possíveis alterações que as pessoas podem ter na postura. Se tiver alteração, encaminhamos para fazerem os alongamentos e ter uma base do que tem que ser feito no dia a dia para evitar mais complicações”. Explicou a acadêmica Alana de Albuquerque.

Outra equipe do 4º semestre realizou a verificação de peso e altura nas crianças do Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Indígena, para verificar o Índice de Massa Corporal (IMC) delas. “Verificamos se as crianças estão com peso e altura adequada, e se o desenvolvimento delas está de acordo com sua idade. No final fizemos orientações para cada caso, se estava pequena, magra ou obesa”, disse a acadêmica Tânia Raquel.

Outras atividades realizadas foram: Pilates, orientações sobre incontinência urinária, demonstração de ressuscitação cardio pulmonar e orientações para grávidas.