Idosos atendidos pelo projeto Esperança na Comunidade recebem atendimentos odontológicos


Os idosos atendidos pelo projeto Esperança na Comunidade, desenvolvido pelo Laboratório de Ensino do Iespes (LabIespes), vão receber, a partir de agora, atendimentos odontológicos, feitos por alunos do 4º semestre do curso de Odontologia da do Iespes, sob supervisão de professores. Na terça-feira,18, foi realizada a triagem dos pacientes.

Os participantes já recebiam serviços farmacêuticos, de Enfermagem, Fisioterapia, Estética e Cosmética, entre outros, desenvolvidos por acadêmicos do Iespes, com orientação de professores, juntamente com a equipe do LabIespes. O projeto é coordenado pela responsável técnica pelo laboratório, Socorro Galúcio.

A etapa de triagem foi realizada na Clínica Odontológica da Fundação Esperança. Os atendimentos fazem parte da disciplina Diagnóstico Bucal Integrado I, do curso de Odontologia. “Os atendimentos beneficiam tanto os alunos, que estão desenvolvendo o aprendizado, quanto para os participantes do projeto”, ressaltou a coordenadora do curso, professora Verena Maia.

Os pacientes serão encaminhados para fazer exames complementares, como raios-X e biópsia, ou limpeza e remoção de tártaro. Posteriormente, os estudantes poderão realizar restaurações e pequenas cirurgias.

Além dos pacientes que têm hipertensão e diabetes, atendidos pelo Esperança na Comunidade, os familiares também serão atendidos. Mais de 100 pessoas estão cadastradas no programa.

Os estudantes vão atuar em duplas ou trios. A acadêmica Rafaela Silva contou que ficou nervosa no início, pois é uma realidade diferente da que eles estão acostumados. “A gente começa a atender os pacientes e vê que é outra coisa, fora do nosso dia a dia, que era atender os nossos colegas. Estamos aqui para fazer o melhor”, afirmou.