Liga Acadêmica promove minicursos para ajudar menina que comeu mandioca brava


A Liga Acadêmica de Pediatria e Neonatologia (Lapen), do curso de Enfermagem do Iespes, vai promover minicursos beneficentes para ajudar a criança que adquiriu sérios problemas de saúde após comer mandioca brava, em abril de 2018. Alimentos, fraldas e o dinheiro arrecadado com os minicursos vão ser doados para a família menina.

Janaína Rocha da Silva, de 8 anos, perdeu os movimentos devido o seu sistema nervoso ter sido afetado com a ingestão da substância tóxica da mandioca brava. Ela não anda e não fala.

Janaína necessita passar por sessões de fisioterapia, três vezes na semana, e de fonoaudiologia, uma vez na semana, cada uma no valor de R$ 80,00. O valor seria de R$ 150,00, mas os pais conseguiram o desconto devido a gravidade da situação e por não terem condições financeiras.

Além disto, há despesas com o táxi para levar a menina até a clínica. Por isto, além de 1kg de alimento ou um pacote de frauda XXG infantil, a inscrição para algum minicurso custa R$ 5. Os integrantes da Lapen ressaltam que já foram arrecadados bastantes alimentos, principalmente açúcar, mas o que falta ainda são fraldas, pois a criança necessita muito.

O vice-presidente da Lapen, Airton Santana, explicou que uma professora sugeriu que a liga realizasse uma ação social para ajudar a menina, e foi então que eles tiveram a ideia de realizar os minicursos.

“A professora Franciane Santana falou: ‘Como vocês são da liga de Pediatria e Neonatologia, seria uma boa vocês promoverem uma ação social. Abraçamos a ideia e decidimos realizar. Até agora, já arrecadamos bastante alimentos. Ainda faltam fraudas, pois ela necessita muito”, disse.

Os minicursos serão ofertados nos dias 12, 13 e 15 de março e são todos da área da saúde. Quem quiser se inscrever para algum minicurso pode entrar em contato com os integrantes da Lapen: Airton Sanata (99193-9137), Elisson Pimentel (99149-7445) ou Bruna Ciriaco (99151-2663).

Confira os minicursos:

12/03

· Análise de exame de imagem e diagnóstico de trauma Ministrante: Fisioterapeuta Fábio Abreu

13/03

· Primeiros socorros Ministrante: Enfermeiro Samaroni Brelaz

· Parada cardiorrespiratória e ressuscitação cardiopulmonar (PCR/RCP) Ministrante: Renê Pimentel

15/03

· Injetáveis Ministrante: Enfermeira Franciane Santana

As pessoas que não quiserem participar dos minicursos e puderem ajudar a família com pagamento de uma sessão do tratamento ou outro valor podem entrar em contato com a mãe de Janaína pelo telefone: (93) 99224-9472.

A mãe, Joeci Rocha, ressalta que toda ajuda é bem vinda, pois a família não tem condições de arcar com o valor das despesas e a situação da criança é complicada. Ela sente dores por todo o corpo. “Os médicos dizem que o caso dela é irreversível, que ela ficou com sequelas que atingiu muito o seu cérebro. Não temos condições de pagar o tratamento. Quem quiser contribuir com alguma sessão pode ir na clínica”, ressaltou a mãe. Além de Janaína, Joeci tem mais três filhos.