Turmas de Psicologia promovem Sarau sobre Direitos Humanos com exposição de fotografias, desenhos e


As turmas do 2º semestre do curso de Psicologia do Iespes promoveram, na sexta-feira, 29, o Sarau sobre Direitos Humanos, no Iespes, com exposição de fotografias e desenhos que retrataram o tema e show cultural apresentado por alunos. A atividade fez parte da disciplina Psicologia e Direitos Humanos, ministrada pelas professoras Maelly Pantoja e Eloísa Barros.

O Sarau teve o objetivo de chamar atenção do público acadêmico, por meio da arte, sobre os direitos básicos assegurados ao seres humanos. "Juntamos as duas turmas para falar dos direitos humanos por meio da arte, explorar direitos básicos assegurados a todo e qualquer ser humano, não importando a classe social, raça, nacionalidade, religião, cultura, profissão, gênero, orientação sexual ou qualquer outra variante possível", explicou a professora Maelly.

O aluno Bruno Vasconcelos ressaltou que, por meio da música e de imagens, por exemplo, foi possível mostrar, de maneira mais aprofundada, a importância de refletir sobre os direitos das pessoas.

"Como estudantes de psicologia, nós compreendemos que o ser humano possui diversas maneiras de se expressar e que a arte é uma das formas de trazer isso à tona. Dessa forma, a pessoa constrói sua subjetividade se descobrindo cada vez mais. Todo ser humano tem esse direito de ser, tem direito ao respeito, à educação e sua liberdade não pode ser reprimida. O sarau foi um exemplo prático do exercício desse direito", explicou.

Bruno ressaltou ainda que a temática abordada por meio da arte provoca no indivíduo sensações que o faz compreender melhor o que está sendo discutido. "Ao fazer esse tipo de atividade aberta ao público, nós podemos chamar a atenção das pessoas para abordar de várias formas diferentes temáticas sérias e fazê-las refletir sobre o assunto, manifestando emoções únicas nelas", destacou.

Os desenhos apresentados durante o evento foram feitos pelos próprios alunos.