Dicas para estudar em casa durante a pandemia do novo coronavírus


Por conta do avanço da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, as aulas presenciais estão suspensas por tempo indeterminado, mas os estudos continuam por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Professores do Cepes e do Iespes trabalham de forma intensiva para que os estudos não sejam prejudicados. Separamos algumas dicas para que você possa ter um bom aproveitamento nos estudos das aulas on-line aliadas à sua rotina.

Organize o seu cantinho de estudo

Para ajudar a reforçar o hábito de estudo, tenha um local fixo para estudar. O ambiente precisa ter boa luminosidade e ser confortável, porém, nem tanto. Estudar deitado, por exemplo, fará com que você fique com sono rapidamente.

Além disto, ao se deitar, seu corpo e mente entendem que aquele é um local de descanso. Da mesma forma que quando estiver no local de estudo, seu cérebro deve estar preparado para estudar.

Tenha tudo que precisa em mãos para não precisar ficar se deslocando, isso atrapalha o andamento dos estudos. Deixe sempre seus materiais organizados e em fácil acesso para evitar perda de tempo e estresse procurando objetos. Ao terminar de usar, guarde sempre tudo de volta no lugar.

Estabeleça horários fixos

Além dos horários das aulas on-line com os professores, estabeleça quais são os demais horários que você vai dedicar aos estudos, seja para rever conteúdos, fazer trabalhos ou buscar outras informações que vão te auxiliar nas disciplinas.

Vez ou outra você vai precisar quebrar a rotina, mas é bom ter um tempo específico para estudo. Converse com as pessoas que moram com você sobre os determinados momentos em que vai precisar de privacidade e silêncio. Criar uma rotina vai ajudar as outras pessoas a lembrarem que naquela hora você está estudando. Com os dias, todos vão se adaptar ao ritmo de estudo estabelecido.

Tenha sempre em mente que sua prioridade no momento é estudar e deixe outras atividades para depois, como forma de recompensa por ter conseguido se dedicar. Nos dias em que você não estiver muito motivado, tente estudar nem que sejam apenas os conteúdos mais simples.

Faça pausas

É preciso que haja equilíbrio em sua rotina. O nível de concentração dura em média 50 minutos, então não adianta tentar estudar várias horas sem parar. Você pode fazer intervalos de 10 a 15 minutos a cada hora.

Evite procrastinar, mas faça pausas para relaxar a mente. Use-as para caminhar um pouco, ir ao banheiro, beber água, mas fique longe de distrações, como acessar redes sociais e assistir televisão. Deixe o celular em outro cômodo e só pegue em caso de ligações importantes.

Não se esqueça das anotações

Faça exercícios de fixação para amadurecer o processo de aprendizado. Em conteúdos teóricos, faça fichamentos dos principais textos. Resuma conteúdos e escreva termos essenciais para ajudar na memorização. É preferível escrever à mão ao digitar, para assimilar melhor o conteúdo. Use canetas coloridas ou marca textos para destacar informações importantes.

Divida as matérias e separe as anotações de cada uma. Você poderá consultar o conteúdo no momento da revisão e não se sentirá perdido. Anote as dúvidas que devem merecem ser verificadas com o professor.

Faça um planejamento e cumpra suas metas

Tente se organizar antecipadamente. De preferência, monte um cronograma por semana. Deixar para ver o que vai estudar a cada dia pode atrapalhar a sua concentração.

Classifique os conteúdos que devem ser estudados primeiro e os que devem vir em seguida. Estabeleça e cumpra suas metas. Estabeleça também as prioridades: comece por conteúdos mais difíceis e que precisam de maior concentração.

Completar o cronograma te deixará motivado, mesmo que seja começando por tarefas simples. Não defina metas difíceis de cumprir. Anote os afazeres na sua agenda. Se perceber que o seu plano não está apresentando rendimentos, mude.

Lembre-se de que é melhor planejar poucas atividades e conseguir cumpri-las, do que se torturar por não conseguir dar conta de tudo.

Separe uma lista do que precisará consultar para não correr o risco de acessar outras páginas que não tenham nada a ver com o seu estudo.

Não abra mão do descanso

Para ter um bom aproveitamento do estudo, é preciso que sua mente esteja relaxada. É importante dormir bem para ajudar seu cérebro a memorizar as informações. O horário de descanso é sagrado.

Se você estiver trabalhando, ao chegar em casa (depois de tomar as precauções necessárias de higienização contra o novo coronavírus), descanse um pouco e coma algo leve antes de partir diretamente para os estudos. Com isto, você conseguirá ter melhor rendimento.

Também é essencial uma boa alimentação e manter atividades físicas em sua rotina, para se sentir melhor e com mais energia.

Foco onde você quer chegar

Para seguir em frente com motivação, é importante ter disciplina e se lembrar diariamente onde você quer chegar. Anote os motivos de você estar estudando. Leia todos os dias antes de começar a estudar para se sentir mais motivado. Depois de um tempo, tudo parece fluir automaticamente.

Lembre-se sobre a importância a longo prazo de você se dedicar e bons estudos.