Iespes divulga protocolo de biossegurança para retorno das atividades de ensino presenciais


O Comitê Gestor de Crise do Instituto Esperança de Ensino Superior (Iespes) elaborou um protocolo de biossegurança para o retorno das atividades de ensino presenciais na instituição. No documento, são observados os cuidados com a comunidade acadêmica diante da pandemia do novo coronavírus. No protocolo, constam as orientações sobre condutas individual e coletiva, além de um fluxograma para o atendimento ambulatorial disponibilizado neste momento de pandemia. O documento também especifica o protocolo para entrada na instituição e as condutas individuais e coletivas nos laboratório, biblioteca, lanchonete, reprografia e outros espaços. Para entrar no campus II, onde já estão ocorrendo as aulas práticas, todos devem passar pela verificação de temperatura corporal, tapete sanitizante, além da higienização de mãos que poderá ser feita nos totens de álcool em gel ou nas pias instaladas na entrada do prédio. Desde o mês de março, o Iespes vem tomando medidas para ajudar a conter o avanço da pandemia. Com a suspensão das aulas presenciais, foi necessário implementar aulas remotas, e para isso, foram necessários investimentos em sistemas de gestão e educacional. Agora, para a fase de retomada das atividades presenciais, foi necessário investir em Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), sinalização por meio de placas e sensibilização com cartazes que estão fixados em pontos estratégicos. O protocolo apresenta as ações institucionais e administrativas executadas pelo Iespes para dar apoio e garantir a segurança necessária para os estudantes, familiares, professores, gestores e todos os envolvidos com o ambiente acadêmico. A instituição já retomou as práticas de estágio no campus II, dia 17 deste mês. A equipe multidisciplinar que integra o Comitê de Gestão de Risco, os coordenadores de cursos e a direção do Iespes estão disponíveis para tirar dúvidas dos alunos e professores e unir esforços para garantir mais segurança e no combate à pandemia do novo coronavírus. Confira o protocolo (aqui).