Pós-graduação

Regimento interno

    A pós-graduação com especialização Lato Sensu começou a ser oferecida pela Fundação Esperança na década de 1990. Buscando qualificar os profissionais da região Oeste do Pará, a oferta garantiu a melhoria nos recursos humanos de empresas públicas e privadas, com cursos que atendiam às demandas de áreas como saúde, educação, meio ambiente, gestão e informática. 

  Em parceria com a Universidade da Amazônia (UNAMA), em 1993, a Fundação ofertou dois cursos de pós-graduação, iniciando o programa cuja proposta foi preparar recursos humanos para o desenvolvimento institucional.                                            Entre 1994 e 2000 o Programa de Pós-Graduação, em convênio com várias instituições, dentre elas a Universidade Estadual da Paraíba e a Universidade de Brasília, formou mais de 359 especialistas em  diferentes áreas de conhecimento e 24 mestres em Gestão do Desenvolvimento, atendendo  municípios da região.

   Com a consolidação do Iespes em 2001, o corpo docente de pós-graduação é formado por especialistas, mestres e doutores do Instituto e de outras instituições de ensino superior do país. 

   A Infraestrutura para aulas práticas é garantida. Os alunos dispôe de  biblioteca com um dos maiores acervos do município, chegando a mais de 25 mil exemplares nas diversas áreas do conhecimento.