Mesa redonda e apresentações culturais marcam a abertura do Congresso Internacional do Iespes

Conhecimento e inovação para a transformação da sociedade é o tema do I Congresso Internacional de Pesquisa e Ciência (Cipec) e XV Jornada de Iniciação e Pesquisa Científica e Tecnológica do Iespes. A cerimônia de abertura será realizada nesta quarta-feira, 9, às 19 horas, no espaço Eden, localizado na Avenida Anísio Chaves. Para marcar as 15 edições da Jornada, o maior evento científico da região, coordenação de Pós-graduação, pesquisa e extensão do Iespes realiza, pela primeira vez, um evento comemorativo, de caráter internacional, em parceria com instituições de Portugal e do México. o Cipec abre espaço para discussão sobre a importância da ciência como objeto transformador da sociedade, da pesquisa como fonte do conhecimento em sala de aula e na vida profissional, entre outros objetivos. O coordenador de Pós-graduação, pesquisa e extensão do Iespes, professor doutor Daniel Berretta destaca a interdisciplinaridade do Cipec. “A instituição tem uma demanda maior de cursos no campo da saúde, mas ao mesmo tempo tem alunos da comunicação, administração, contabilidade, gestão e tecnologia, que também serão contemplados na programação, assim como estudantes de diversos cursos de outras instituições”. O Cipec representa o fortalecimento do compromisso social e da vocação científica do Iespes que, desde o ano de 2004, contribui, por meio do incentivo à pesquisa e divulgação científica, para o desenvolvimento de Santarém e região. O estudante de Fisioterapia Marlon Alexandre, 26, está inscrito e cheio de expectativas. “Eu acredito que esse evento é uma grande porta de oportunidades para crescimento profissional e da atuação no campo da pesquisa científica. Além de desenvolver esse potencial entre os acadêmicos, o congresso contribui para o aprendizado sobre temas inseridos no contexto amazônico”. A programação realizada nos campus I e II do Iespes na quinta e sexta-feira, será voltada para diferentes áreas do conhecimento, e inclui minicursos, palestras de nível nacional e internacional, mesa redonda e premiações. No Congresso se pensou em ampliar a programação e melhorar as oportunidades de participação, por isso mais de 40 minicursos com temas variados serão realizados no período da noite. “Antes os minicursos ocorriam somente durante o dia, e a maioria dos alunos tinha dificuldade para ser liberado do trabalho para participar. Resolvemos inovar, e agora os participantes têm opção de escolha”, afirma Berretta, que destaca também a importante troca de experiência vivenciada entre estudantes e profissionais. Além da mesa redonda com a participação do Doutor em Estomatologia, Victor Hugo Toral Rizo; da Pós-doutora em Psicologia, Tania Suely Azevedo Brasileiro e o Doutor em Ciências na linha de pesquisa Gestão do Conhecimento e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável, José Roberto Branco Filho, a programação da abertura do Cipec terá apresentação da cantora Priscila Castro e do grupo de carimbó Conquista, de Alter do Chão. Outro ponto alto do Congresso está programado para sexta-feira, 11, a partir das 19 horas, no auditório do Iespes. Será realizada uma mesa redonda com destaque para a divulgação dos resultados de três projetos de pesquisa e extensão desenvolvidos nos cursos de Pedagogia, Enfermagem e Farmácia, além das premiações para trabalhos científicos em quatro categorias diferentes: Pôster, Prêmio Jovem Pesquisador Ensino Médio, Jovem Pesquisador Graduação e Jovem Pesquisador Pós-graduação. O evento, a exemplo de anos anteriores, é realizado na semana do aniversário do Iespes, comemorado dia 11 de maio. Este ano a instituição comemora 17 anos. Confira a programação completa no site: www. congressoiespes.com

(Texto: Colaboração dos acadêmicos do 5° semestre do curso de Jornalismo do Iespes, como parte da disciplina Assessoria de Imprensa).