Projeto Tempos de Viver trabalha com autoestima de idosos


O projeto Tempos de Viver, do curso de Psicologia do Iespes, desenvolveu uma ação ontem, 25, no asilo São Vicente de Paulo, desta vez, em parceria com o curso de Estética e Cosmética. Foram realizados procedimentos estéticos, para trabalhar a autoestima dos idosos, além das atividades que, frequentemente, são desenvolvidas pelo curso de Psicologia.

Acadêmicos do curso de Estética e Cosmética, juntamente com a coordenadora do curso, professora Katillin Azevedo, realizaram massagens relaxantes, limpeza facial, manicure e pedicure, para exercitar, junto aos idosos, o cuidado com a autoimagem, por meio de procedimentos estéticos, que auxiliem na autoestima e qualidade de vida do idoso.

Acadêmicos de Psicologia, sob orientação da psicóloga Thayanne Branches, coordenadora do projeto, trabalharam os temas: autoestima e auto cuidado, através da escuta, atividades lúdicas, e jogos que estimulam processos cognitivos dos idosos.

No total, 20 alunos do curso de Estética e Cosmética, e oito alunos de Psicologia participaram da ação.

O projeto de extensão do curso de Psicologia do Iespes, Tempos de Viver, visa promover aos idosos do Asilo São Vicente de Paulo, interação grupal e qualidade de vida, por meio da execução de atividades lúdicas.

A professora Thayanne Branches ressalta que, além de poder contribuir com os idosos, as ações trazem aos alunos envolvidos uma série de benefícios. “Ações como estas proporcionam aos acadêmicos: satisfação, aprendizado e reconhecimento pessoal, acadêmico e profissional, em poder utilizar o conhecimento técnico em prol do bem estar dos idosos”, afirma.

O projeto é realizado voluntariamente desde 2016 e, em fevereiro desse ano, passou a ser desenvolvido como projeto de extensão, com a participação de alunos do curso de Psicologia. As ações são desenvolvidas uma vez ao mês, em parceria com outros cursos do Iespes, com execução de ações da especialidade de cada área, em prol do idoso.